Endolaser: uma nova arma contra a celulite

 

A celulite é um distúrbio de acúmulo de gordura, água e toxinas nas células (Lipodistrofia Ginóide). É caracterizada pelo aspecto ondulado da pele e ocorre com mais frequência em coxas, quadris e nádegas, sendo também observada em mamas, abdome e braços.

As causas da celulite ainda não estão bem definidas, mas podem estar relacionadas com fatores hereditários, hábitos alimentares inadequados, sedentarismo, estresse, medicamentos e gravidez.

Apesar de não ser uma doença, representa um problema estético para muitas mulheres. Estas, preocupadas com a saúde da pele, procuram pelas clínicas em busca dos mais variados tipos de tratamento.

E um tipo que já se encontra bastante difundido na medicina é o Endolaser, muito utilizado na Laser-Lipólise e que apresenta excelentes resultados. É um tratamento no qual é utilizada uma fonte geradora de laser de diiodo, capaz de destruir toda a camada superficial justa derme de grupos de adipócitos.

O procedimento resulta em diversos benefícios para a pele, no combate contra a celulite. Dentre os mais conhecidos, destaca-se a liquefação da gordura, decorrente da afinidade do laser de diiodo com as células gordurosas, e o alto poder de retração da pele, através do estímulo dos fibroblastos na produção de fibra colágena.

Além dos benefícios do Endolaser na cirurgia plástica, o procedimento também apresenta resultados em outras áreas da medicina. Na cirurgia vascular, ele é utilizado no tratamento de varizes. Já na oftalmologia, o Endolaser é utilizado para tratar doenças da retina.

Este conteúdo é apenas para fins informativos. Não se destina a representar técnica cirúrgica real ou resultados. A informação não se destina a ser um substituto para a consulta médica profissional, diagnóstico, tratamento ou cuidado de pós-operatório. Procure sempre o aconselhamento de um profissional médico capacitado e Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).