rejuvenecimentovaginal

Rejuvenescimento vaginal

 

De acordo com a Federação Latino Americana de Ginecologia e Obstetrícia, 60% das mulheres entre 40 e 50 anos sofrem de atrofia vaginal. Dessas, 75% não compartilham com os médicos e parceiros, os sintomas de secura e dor com o coito (dispaurenia), que ocorrem durante e após as relações sexuais. O advento de medicamentos contra a disfunção erétil permitiu ao homem um prolongamento na sua vida sexual ativa .

Neste sentido, a cirurgia plástica de rejuvenescimento vaginal vem a incrementar a relação, melhorando a autoconfiança da mulher frente a esta nova condição. Os procedimentos mais realizados atualmente são a labioplastia ou ninfoplastia (redução de pequenos lábios), estreitamento vaginal (perineorrafia), lipoenxertia em grandes lábios, lipoaspiração em região pubiana, transplante de pelos púbicos, clitoropexia (aumento da exposição do clitóris), infiltração de substância bioexpansora no Ponto G (para provocar o aumento da tumescência na parede interna da vagina),  etc.

Se você apresenta algum dos sintomas acima e deseja aumentar a sua autoconfiança, agende uma consulta especializada.

A equipe cirúrgica é composta por dois cirurgiões plásticos Membros Titulares da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) e um Ginecologista especialista pela SBOG (Sociedade Brasileira de Obstetrícia e Ginecologia).